DELEGAÇÃO LATINO-AMERICANA



GIULIANO KREMMERZ: MATERIALISMO E REALIDADE MÁGICA


O materialismo do qual – sem razão – o hermetismo é acusado por alguns teósofos, não é o conceito convencional do qual se faz progressiva propaganda por todos os adoradores da matéria.
Eu respeito profundamente todos os comentadores e os anotadores e os vulgarizadores da ciência da verdade escondida, de Confúcio a Lao Tze, de Buda a São Paulo, de Allan Kardec à Blawaski, mas mesmo olhando horrorizado toda a grandiosidade das vulgarizações e adaptações sociais, eu digo que quem nos acusa de materialismo vulgar, assim como aquele do século XVIII que nos foi predicado nas escolas experimentais, nunca entendeu o que seja, como corpo de filosofia, o ocultismo antigo e tradicional.

(continua na página "Kremmerz")


O CONDE CAGLIOSTRO - Primeira parte

Quem foi Alessandro Cagliostro?
O escritor francês Marc Haven escreveu no início do século XX uma biografia de Cagliostro, intitulada “O Mestre Desconhecido”, com abundante bibliografia, demonstrando grande interesse pelo personagem misterioso que tinha chamado muita atenção ao seu redor, bem como à sua obra.
Baixo, corpulento, moreno, sobrancelhas espessas e cabelos negros, o misterioso conde siciliano parecia mais com um sátiro do que com Ganimedes.
Não obstante a forma física pouco atraente, exercia um fascínio irresistível sobre o sexo feminino, e desde muito jovem teve fama de grande sedutor.

(continua na página "Magnani")


AS PALAVRAS DE POTÊNCIA E OS CARACTERES DOS ENTES

 

Muitas pessoas que ocuparam-se de Magia, por simples curiosidade, ou por desejo verdadeiro de conhecimento, ou para impossessar-se dos fabulosos poderes, ficaram muito maravilhadas ao encontrar, em qualquer ritual, fórmulas que continham palavras que de maneira alguma eram ininteligíveis e sinais, geométricos ou não, chamados "caracteres" ou "sigilos" de "espíritos", dos quais é sugerido o uso, sem portanto dar-lhes um significado.

(continua na página "Kremmerz")

Ùltima atualização: janeiro / 2015

Newsflash